alto-falantes ffl

O formato dos alto-falantes como nós conhecemos, está com seus dias contados! Uma nova tecnologia de alto-falantes superfinos está prometendo fazer parte das nossas vidas, mudando a forma como ouvimos música e interagimos com o som. Confira...

Agora, se você deseja aprender mais a fundo sobre esse assunto, recomendo que você confira esse link...

Sim, essa tecnologia dos alto-falantes superfinos (Flat Flexible Loudspeaker) existe desde 2009, mas só agora estão surgindo as primeiras aplicações para esse tipo de alto-falante. O interessante é que esse tipo de alto-falante contraria completamente o formato antigo que utiliza o cone mecânico. Podemos dizer que essa nova tecnologia de alto-falantes FFL se compara a revolução dos monitores LCD.

Até agora todos os alto-falantes funcionam convertendo sinal elétrico em som. Normalmente, o sinal é usado para gerar um campo magnético variável, que por sua vez, vibra um cone mecânico, produzindo assim o som.

A tecnologia FFL da Warwick consiste em uma fina lâmina contendo materiais isolantes e condutores, resultando em um laminado flexível que, quando estimulado por um sinal elétrico, vibra e produz o som. Esse alto-falante laminado funciona como um pistão ressonador perfeito. O diafragma inteiro irradia a fase, tornando se em uma fonte sonora ampla. A onda emitida pela superfície vibratória é coerente, produzindo uma onda plana, extremamente direcional e com uma imagem sonora muito precisa.

Onde vamos usar os Alto-falantes FFL?

Imagine que seu telefone celular precisa de um alto-falante potente e com som direcional. O FFL é perfeito para a nova geração de celulares ultrafinos.

Outra aplicação super futurista é o uso em Shopping, onde você poderá ouvir uma trilha sonora ou apresentação de um produto, quando passar sobre uma área no piso que contenha uma lâmina FFL. Esse tipo de som direcional pode eliminar completamente o uso de fones de ouvido, uma vez que seu som só será ouvido em uma área restrita.

Os carros elétricos estão prometendo trazer essa novidade para o mercado de massa, tornando essa tecnologia presente em nossas vidas.

E você, o que achou dos alto-falantes superfinos?

Abraço!

Uma dica extra do Rodrigo: Se você deseja aprender como montar o seu estúdio de gravação musical, de alta qualidade, sem investir em equipamentos caros, recomendo que confira esse link agora mesmo.