Microfone USB – O Futuro do Seu Microfone é ser USB

microfone usb o futuro

Microfone + USB = duas ideias que combinadas produzem muito resultado. Imagine, poder usar o microfone em qualquer computador, sem nem mesmo ter que se preocupar com uma interface de áudio ou qualquer mixer entre esses dispositivos? Isso tudo é possível com o com um microfone USB de qualidade. Vamos conhecer esse tipo de microfone e entender se essa tecnologia pode ou não ajudar você a economizar um monte de recursos quando estiver montando o seu estúdio de gravação. Vamos lá…

Apesar do USB existir desde a segunda metade dos anos 90, a tecnologia USB só ficou popular, a ponto de dominar o mercado, na última década, principalmente por causa dos smartphones que são extremamente dependentes do padrão USB.

Outro dia, estive falando sobre um cabo USB para Guitarra, que se parece com um cabo normal, mas com uma ponta P10 e a outra USB. Outra facilidade bastante popular são as interfaces de áudio USB que oferecem bons conversores A/D – D/A para qualquer tipo de computador, principalmente os notebooks. O negócio ficou tão simples quanto plugar e usar o seu dispositivo de áudio USB. Isso sem contar as infinitas possibilidades que o USB oferece fora do mundo da música, mas que podem ser utilizadas indiretamente por músicos e produtores.

Microfones USB de Qualidade

microfone c fio behringer c1uMicrofones condensadores de qualidade são sempre muito caros, sempre dependem de alimentação fantasma para funcionar, o que nos leva a depender de outros periféricos para colocá-los em operação. Sempre precisamos de algum outro equipamento para fazer funcionar os nossos microfones a condensador, o que pode deixar tudo um pouco mais complicado e caro.

Por outro lado, um microfone USB para uso em Home Studio, como por exemplo o Behringer C1U é capaz de entregar áudio de qualidade direto para seu software de gravação em seu notebook. Tudo isso, sem Phantom Power, sem interfaces de áudio suplementares, apenas um mero cabo USB conectando o microfone ao seu computador.

De fato, o seu computador enxerga o seu microfone USB como se fosse uma interface de áudio, assim, seu sistema atribui um driver dedicado ao microfone, driver ao qual o software de gravação pode se conectar com muita tranquilidade.

Esses microfones USB foram projetados para funcionarem no modo “plug e use” tanto no Windows quanto no Mac. Além do mais, existe uma compatibilidade com sistemas operacionais Linux, e isso pode ser bastante legal, porque é possível plugar alguns desses microfones USB diretamente ao seu celular com entrada USB tipo OTG. Claro, é preciso ter cuidado ao plugar microfones grandes ao seu smartphone, porque o consumo elétrico pode ser bastante alto e, em alguns casos, é possível que ocorra danos ao seu smartphone.

Microfones USB vs Microfones XLR

microfone condensador neumannO mercado musical conhece bem os microfones a condensador convencionais do padrão XLR, uma vez que esse é o sistema vigente há décadas e, por isso, é bastante popular.

Quando você pensar em um microfone XLR, estará sempre pensando apenas em um microfone, porque não há nada nele que não seja apenas um sistema de microfone.

Diferente dos microfones USB, onde você encontra embutido em seu circuito eletrônico um sistema de conversão A/D – D/A, como se fosse mesmo uma pequena plaquinha de som embutida dentro do microfone. Esse é um ponto importante a ser considerado, porque se esse conversor analógico / digital não for de qualidade, possivelmente todo o trabalho do diafragma será desperdiçado, porque se você não tem um conversor decente para capturar todas essas nuances harmônicas que o áudio apresenta, então podemos considerar que o seu microfone vai ser tão bom quanto o seu conversor analógico / digital embutido.

Por isso, existe uma grande diferença entre os microfones USB baratinhos e aqueles que eu considero como “microfones decentes” como é o caso do Behringer C1U.

microfone bm 800 capa de sopro preto douradoExiste por aí um microfone Chinês chamado BM-800 que, apesar de não ser USB, faz bastante sucesso. Esse tipo de microfone mais simples até ajuda a muitos iniciantes em home studio a tirar seus sonhos do papel. Mesmo assim, vale lembrar que esses microfones muito baratos pecam nos detalhes. Se você quer ter um áudio de qualidade que possa se destacar dos seus concorrentes, então é melhor você correr uma milha a mais e comprar um microfone um pouco mais caro.

Apesar de muitos defenderem que esses microfones baratinhos “resolvem o problema”, o consenso geral é que existe, sim, uma diferença e ela se manifesta em alguns momentos críticos durante a execução do som.

Por exemplo: imagine que o ouvinte está curtindo uma música que ele até gostou do arranjo, do ambiente que foi criado, mas que apesar do vocalista ser muito bom, ainda há algo no fundo que está incomodando. Esse “incômodo” é subconsciente, o ouvinte não sabe explicar por quê não está gostando do som do vocal, aliás que ele nem sabe que o problema é o microfone, ele apenas sente que o som não tá legal e isso acaba fazendo ele trocar de faixa. Veja que são detalhes assim que acabam eliminando qualquer possibilidade de uma produção fazer sucesso no mercado, porque se você não tem ouvintes engajados, consumindo repetidas vezes as suas produções, então não existe negócio.

Sabemos que a própria Behringer fabrica esse mesmo modelo de microfone da série C1 com duas opções de conectores, tanto XLR, alimentado por Phantom Power, quanto USB.

Eu vejo os engenheiros da Behringer afirmando que o modelo XLR tem uma qualidade superior ao USB. Isso pode ser justificado, porque por melhor que seja o conversor analógico / digital embutido no microfone USB, o XLR pode estar conectado à uma incrível interface de áudio USB, que por sua vez, vai entregar uma qualidade final melhor.

pessoas gravando podcast microfone usb

Porém, vejamos que se você não conectar esse microfone XLR à uma interface incrível, então não há qualquer motivo para temer a qualidade do microfone USB, que por sua vez, possui características muito acima do aceitável, quando se pensa em qualidade microfone.  Como estamos falando de microfones para home studio, você pode perceber que o microfone USB é muito mais do que você precisa, principalmente se você pegar um microfone decente, como esse que eu citei aqui.

Agora, se você já possui uma interface de áudio com entrada XLR, Phantom Power, então podemos partir para um microfone XLR, já que você não vai ter que investir mais nada, além de poder aproveitar os equipamentos que você já possui. Por outro lado, para possíveis criadores de conteúdo, como: podcasts, audiolivros, até mesmo narrações para vídeos do YouTube, o microfone USB acaba fazendo bastante sentido.

Eu gosto bastante de sistemas simples e minimalistas, porque se você tem menos cabos, menos equipamentos entre você e o computador, o resultado mais óbvio é que você terá menos problemas de interferências no seu áudio, ou seja, terá menos oportunidades de errar. Para você que cria conteúdo, a praticidade de plugar o cabo USB e começar a gravar imediatamente, pode ser a diferença entre produzir seus vídeos de Gameplay todos os dias ou ficar algumas horas sofrendo com sistemas basicamente analógicos, como é o caso dos microfones XLR.

Acredito que cada caso é um caso, e que ambos os sistemas possuem vantagens e desvantagens. Por isso, cabe a você testar um e outro para sentir qual é o melhor para o seu caso. No meu Curso de Home Studio Online eu apresento três modelos de home studio, que vão desde a configuração mais básica, passando pelo estúdio USB, até as montagens mais complexas que utilizam cabos XLR. Naquela aula você pode ter toda a clareza sobre qual tipo de sistema utilizar para a sua exata finalidade de uso.

Na dúvida, vá de microfone USB e seja feliz.

Boas gravações!

Uma dica extra do Rodrigo: Saiba como eu montei o meu estúdio de gravação musical e consegui gravar as minhas mais de 40 músicas sem gastar fortunas com equipamentos e softwares caros.

Confira o vídeo exclusivo que eu preparei pra você!

QUERO VER O VÍDEO!

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.