Usar um PC Gamer no Home Studio é uma Boa Ideia?

Será que um PC Gamer pode ser usado como computador principal de um Home Studio? Toda aquela potência extra pode ser aproveitada em uma DAW Digital baseada em plugins e instrumentos virtuais? Vamos descobrir se é uma boa ideia usar um computador gamer em um estúdio de gravação e quais componentes de hardware você deve priorizar em um sistema de produção musical. Confira!

Se você precisa de um computador convencional desktop com Windows para o seu Home Studio, montar um PC gamer pode não ser uma ideia ruim. Eles são poderosos e suportam todos os softwares e dispositivos necessários.

O aspecto mais importante é que você pode executar o software de produção musical DAW (Digital Audio Workstation) projetado para gravar e editar áudio com as especificações mínimas necessárias para executar DAWs como Ableton Live, Cakewalk e Fl Studio que são pelo menos Core i5 2.6Ghz 4Gb ram e 250Gb de preferência SSD, mas à medida que você avança em suas habilidades de produção musical, você pode precisar de especificações mais avançadas.

Dito isto, um PC projetado para um estúdio de música terá vários recursos que um PC para jogos não possui, principalmente opções de entrada/saída e componentes baseados em gravação e reprodução de áudio de qualidade.

Computadores usados em produção musical exigem o máximo de RAM possível, além de CPUs rápidas e, atualmente, uma unidade de armazenamento SSD para inicialização rápida, bem como armazenamento suficiente em outras unidades para arquivos de música e samples.

PC para produção musical não exigem a capacidade gráfica que os PCs de jogos profissionais possuem. Salvo YouTubers que transmitem lives, você não vai precisar de uma placa de vídeo poderosa para produzir música. Este tipo de investimento é desnecessário; em vez disso, invista em RAM ou armazenamento.

Personalizando um PC Gamer para Produção Musical

Os PCs para jogos são bastante poderosos, então esse é um bom computador para começar, e você só precisará de algum gadget musical para acompanhá-lo.

Você pode adquirir um teclado MIDI, uma interface de áudio e monitores de estúdio, bem como quaisquer microfones ou instrumentos que você possa precisar para seus projetos.

Eu gosto de usar um mixer analógico para usar como pré-amplificador, mas nem todo mundo precisa disso. Tratamentos acústicos (como absorção e captura de graves) também são benéficos para o seu local de produção, permitindo que você crie gravações limpas e ouça corretamente suas mixagens.

Seu PC gamer pode te deixar mais perto de ter o seu estúdio! É bom começar com o que você tem e evoluir a partir daí.

Pronto! Sabemos que um PC para jogos é poderoso o suficiente para lidar com a maioria das demandas de produção musical. Você pode inserir uma enorme quantidade de plugins de áudio em sua mixagem e ouvir tudo em tempo real. Por exemplo, um PC fraco, muitas vezes, não consegue sequer executar um arranjo completo depois de mixado.

Se você ainda não tem um computador para o seu Home Studio, considere que você pode economizar uma boa fatia do seu orçamento eliminando as “firulas” de um PC gamer. Por exemplo, um gabinete caro e cheio de RGBs, não vai mudar a sua vida (salvo para efeitos estéticos). Priorize a refrigeração do gabinete, porque computadores com processador forte, esquentam muito.

Se você não se importa em colocar dinheiro em RGBs caros, seja feliz. Eu montei o meu PC gamer com um gabinete Aero Cool, com RBGs moderados e 10 ventiladores. Dou um pau danado nesse PC e ele não esquenta. E olha que eu jogo GTA Online, Cyberpunk 2077 e muitos outros. PC gamer ajuda a relaxar entre uma produção e outra, sem contar que parece uma nave alien.

Novamente, os PCs para jogos são bastante poderosos e em um fluxo de trabalho regular não gastam tanta energia. Então, você pode economizar algum dinheiro e gastá-lo em armazenamento ultra rápido, mais RAM, plug-ins de áudio pagos, controladores e interfaces e assim por diante, em vez de placas gráficas topo de linha, iluminação requintada e gabinetes caros. Use o seu bom senso e seja feliz.

Aproveite a Potência do PC Gamer

Claro, estamos falando de um PC para jogos moderno, com um processador compatível com i7 ou superior, bastante memória RAM e um oceano de terabytes para gravar músicas em 24bits x 96kHz. Sim, ao gravar multipista, o áudio ocupa muito espaço e você precisa de alto desempenho de armazenamento. Portanto, um SSD é recomendado.

O primeiro passo é garantir que você exceda os requisitos mínimos da DAW que pretende usar (o software que você pretende usar para servir de plataforma para plugins e acessórios). Confira os requisitos mínimos recomendados e tente ficar bem acima disso – você precisa de baixa latência ao gravar usando plugins inline em digamos uma cadeia de guitarras para que o guitarrista ouça os efeitos, caso não esteja usando um amplificador com microfone, e isso requer uma velocidade de CPU rápida.

Então, se você pretende usar instrumentos de streaming, como alguns processadores de efeitos em tempo real, você precisará de muita RAM ou um SSD rápido, além de uma CPU capaz de lidar com isso e de suprir os requisitos da DAW.

Alguns efeitos digitais, como reverbs de convolução, são bastante desgastantes para a CPU, portanto, devem ser usados como sends em vez de integrados em um canal. Muitas pessoas cometem o erro de colocar um reverb em cada canal, em vez de ter apenas um par de reverbs em canais FX roteando para eles – o reverb é então definido como 100% molhado (todo reverb e sem sinal direto – isso é definido com o controle de mixagem) para não adicionar sinal direto indesejado ao canal de efeitos.

O melhor aspecto dos PCs para jogos é que geralmente são configurados para serem rápidos, além de terem placas gráficas decentes e muita RAM. Portanto, dificilmente você terá alguma surpresa ao integrar um desses ao seu Home Studio.

Cuidado com o Ruído do PC Gamer

Até agora, falamos sobre a potência avassaladora dos PCs gamers, mas precisamos tomar cuidado com os ruídos produzidos por seus ventiladores. Lembra do meu PC com 10 ventiladores? Sim, eles fazem algum barulho e isso deve ser considerado em ambientes onde você grava o áudio estando perto do gabinete, como em uma locução ou narração. Os PCs para jogos são projetados para alta performance, não para serem silenciosos.

Além disso, equipamentos de vídeo de última geração frequentemente contêm firmware e software de driver que assumem que o vídeo é a primeira prioridade do sistema, isso quer dizer que o sistema pode vir a priorizar o desempenho de vídeo em detrimento da qualidade de áudio. Não creio que você vai sofrer com problemas de desempenho, mas saber que isso é possível, pode ser bastante útil.

Como vimos, a única coisa que faz com que um PC para jogos torne-se possivelmente inadequado para uso como máquina de produção musical é produzir muito ruído.

Ele cria muita pressão sonora em uma sala com todos aqueles ventiladores coloridos, principalmente se você estiver gravando com microfones abertos. Claro, esses ruídos não vão interferir no seu áudio se você estiver trabalhando com música totalmente eletrônica/sequenciada, mas ainda podem influenciar suas mixagens.

O Que Tem de Bom em um PC Gamer

Os computadores para jogos são focados em GPU, mas também têm muita potência e RAM, talvez com menos ênfase no armazenamento.

Você precisa de muita CPU para operar muitos plugins e instrumentos virtuais ao mesmo tempo; muita RAM para manter muitos arquivos de áudio e amostras na RAM ao mesmo tempo; e armazenamento rápido para lidar com gravações de alta largura de banda, essa causada pela execução de várias faixas ao mesmo tempo.

No meu caso, eu uso uma placa de vídeo de uns 2 números abaixo da topo de linha, porque eu uso o DaVinci Resolve para renderizar vídeos para os meus canais do YouTube. Contudo, a velocidade dos gráficos 3D é irrelevante em uma configuração de produção musical. Salvo se você pretende transformar o seu Home Studio de áudio em Home Studio de vídeo. Uma verdadeira produtora de vídeo em casa!

Rodrigo, não quero produzir vídeo, apenas produzir música para vídeos. Sim, mesmo que você componha músicas para vídeos, não precisa de uma placa de vídeo poderosa para criar músicas!

No entanto, se você puder pagar, opte por um i7 em vez de um i5. Ao contrário de uma configuração de jogos, que é totalmente dependente da placa de vídeo, um equipamento de produção musical é totalmente dependente da CPU! Todas as bibliotecas de samples, plugins e instrumentos VST dependem da CPU para funcionar corretamente. Portanto, adquira a CPU mais poderosa que você puder pagar.

Um PC para jogos será suficiente com um i5 e uma excelente placa de vídeo, porém para produção musical, você será mais feliz se tiver uma excelente CPU.

Certifique-se de ter um disco rígido separado (mínimo de 7200 rpm) para seus arquivos de áudio, e uma unidade externa para suas bibliotecas de samples, loops, instrumentos e assim por diante. Embora não seja obrigatório ter um SSD dedicado ao sistema, certamente vai melhorar muito o desempenho da sua DAW. Usar um único disco rígido lento para lidar com o sistema e os arquivos, será como um gargalo de performance, sufocando o desempenho, independentemente da potência do seu processador.

Compre dois pentes de RAM idênticos à sua escolha, assim a sua RAM vai trabalhar em Dual Channel, o que é ótimo para obter mais velocidade. Nas especificações atuais, as novas CPUs suportam RAMs com bus de até 3600 MHz. Então, em geral, compre a memória RAM mais rápida que você puder pagar.

Overclocking: Muitos computadores de jogos estão com overclock! É uma vantagem para os proprietários de PC. Se você deseja fazer overclock em seu processador Intel, obtenha a versão K, que vem desbloqueada. Embora o overclocking não seja necessário, é totalmente opcional.

Em todo caso, não se preocupe. Você ainda pode montar o seu Home Studio, usando um computador comum, ou mesmo um notebook. Agora, se você possui um PC Gamer ou quer comprar um para produzir música, sem dúvidas será uma boa aquisição.

Sucesso!

Uma dica extra do Rodrigo: Saiba como eu montei o meu estúdio de gravação musical e consegui gravar as minhas mais de 40 músicas sem gastar fortunas com equipamentos e softwares caros.

Confira o vídeo exclusivo que eu preparei pra você!

QUERO VER O VÍDEO!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.