Testando os Monitores de Áudio do Home Studio

Medir as respostas dos monitores de áudio em seu Home Studio é fundamental para uma boa percepção das frequências de áudio durante uma mixagem. Entenda como isso funciona e como você mesmo pode fazer esse teste em seus monitores de referência. Confira…

Hoje você vai ter acesso a nossa coleção de amostras de áudio desenhadas para ajudar a checar a configuração dos nossos monitores de áudio. São tons de teste, essencialmente, que costumamos usar após mover nossos monitores de lugar, assim nos asseguramos de que nossos alto-falantes estão soando como deveriam.

Estamos disponibilizando para você, 4 amostras desse tipo, logo abaixo. Espero que elas sejam muito úteis para você. Cada teste encara dois dos problemas de monitoração mais comuns em um Home Studio: resposta de graves desigual e uma imagem estéreo pobre. ajustando mixer home studio

Por exemplo: imagine que você está mixando a sua música em um conjunto de monitores de áudio mal posicionados ou pior ainda; de baixa qualidade. A sobra de graves vai fazer com que você mova seus knobs dos graves para um nível muito baixo, tentando com isso reduzir os graves exagerados que você está percebendo.

Até aí você não percebe nada, porque o seu som vai estar soando perfeitamente bem dentro da sala de mixagem. Porém, quando você tira essa gravação de dentro do seu Home Studio, kabum! Onde estão os graves? A bateria ficou com o bumbo muito fraco, e os vocais estão soando irritantes. Por esse motivo é tão importante verificar se os monitores de áudio não estão mentindo pra você.

Vamos aos arquivos de áudio que vão ajudar você a configurar a resposta acústica dos seus monitores de áudio.

Onda Senoidal Extensa

Contém: Uma onda senoidal com extensão de 40Hz – 300Hz.

Use isso para testar: resposta de graves e vibrações similares.

A menos que você esteja ao ar livre ou usando fones de ouvido, notará que o volume vai subindo e descendo, enquanto o áudio é reproduzido. Isso é normal, embora o nível não mude na realidade. Em vez disso, você está apenas expondo a resposta acústica da sua sala.

Use esse teste para obter uma medida aproximada de como está a acústica da sua sala. Isso vai ajudar a descobrir como o áudio, que parte dos seus monitores, está interagindo com os elementos físicos e acústicos do seu ambiente de monitoração.

Além disso, essa varredura, dependendo da frequência, pode apresentar alguns ruídos estranhos, zumbidos, vibrações ocorrendo em torno de você. Por exemplo: com esse teste, você pode descobrir que o lustre da luminária em sua sala de mixagens está vibrando nas frequências de 140Hz, assim você pode dar um jeito de isolar um problema como esse.

Passeio de Duas Oitavas

Contém: Semitons consecutivos de G1 (46.2Hz) à (174.6Hz).

Use isso para testar: respostas de graves e problemas com notas específicas.

Aqui, o tom sobe através de uma escala cromática. Algumas notas irão pular ou desaparecer. Pelo mesmo motivo do primeiro exemplo. Lembre-se dessas notas e como elas são importantes para o ambiente da sua sala de mixagens.  Especificamente, quando você sabe que, por exemplo, que o B em 61Hz perde o volume dentro da sua sala, você pode pensar duas vezes antes de mexer no fader toda vez que a guitarra base executar essa nota B.

Check de Pan em 5 Pontos

Contém: 5 rajadas de ruído branco em diferentes posições de pan.

Use isso para testar: claro, testar o pan.

Este arquivo de som é reproduzido no centro, depois todo para esquerda, todo para direita, meia esquerda e meia direita. Se você não ouvir as 5 posições de pan, você está tendo problemas com sua imagem estéreo!

A maioria dos problemas de imagem estéreo é causada pela configuração incorreta dos alto-falantes, ou seja, os monitores não estão em distâncias iguais em relação a suas orelhas, e/ou a acústica da sala está pobre.

Teste Rápido de Pan

Contém: Ruído branco em 3 diferentes posições.

Use para testar: ajuste fino de pan.

Esse arquivo tem um som em 50% à esquerda, depois todo para direita, em seguida, 25% para a esquerda. O salto para a direita desvia o seu ouvido de modo que não possa perceber a alteração de 50% para 25%. Os 3 sons se repetem da mesma forma do outro lado.

A maioria dos ouvintes pode distinguir 5 ou 7 posições distintas de pan. Assim, se sua imagem estéreo está clara em 9 pontos, ou seja, em incrementos de 25%, você está com uma configuração excelente para mixagem em seu estúdio.

Por outro lado, se a diferença de 50% para 25% não aparece clara em seus monitores ou mais definida de um lado, você pode precisar usar seus fones de ouvido para verificar e tomar suas decisões de pan.

Nota: Uma vez que esses testes não exigem alta fidelidade, os arquivos em MP3 devem dar conta da verificação da sua configuração. No entanto, aqui estão os links para as versões em WAV dos testes:

O Que Fazer Quando Seus Monitores de Áudio Estiverem Mentindo

Apesar de todos esses recursos e testes ajudarem a mostrar as falhas da sua sala de monitoração, ainda que esses testes sejam muito bons, não oferecem qualquer solução para esses problemas.

Você vai ter que buscar soluções para corrigir essas sobras de graves ou objetos que ressonam com certas frequências de áudio. Muitas vezes, quando não for possível trocar o equipamento defeituoso, você vai ter que adaptar seus ouvidos a essas limitações.

musico criando em home studioPor exemplo: se você sabe que seus monitores estão com sobras de graves, estando ciente disso, vai saber que não é necessário “capar” os graves da sua mixagem. Uma boa forma de conhecer o seu equipamento é ouvindo músicas mixadas em outros estúdios, com diversos estilos e arranjos. Assim você vai se acostumar com a forma com que o seu equipamento responde a cada instrumento ou frequência, podendo assim fazer mixagens mais acertadas, cheias de peso e potência.

Se você não possui sala de monitoração, como é o caso dos Home Studios montados no quarto, então você pode partir para um fone de ouvido intra-auricular, sempre ouvindo sons de referência para aprender a ler as respostas de frequência da sua configuração.

Acredito que, com um pouco de paciência e observação, você possa extrair bons resultados do seu Home Studio.

Desejo a você, boas monitorações!

Uma dica extra do Rodrigo: Saiba como eu montei o meu estúdio de gravação musical e consegui gravar as minhas mais de 40 músicas sem gastar fortunas com equipamentos e softwares caros.

Confira o vídeo exclusivo que eu preparei pra você!

QUERO VER O VÍDEO!

Tags: , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.