mercado musical mudou

Na última década, vimos o mercado musical mudar muito e se tornando em algo ainda mais revolucionário que o movimento do CD Independente do final dos anos 90. Vamos conhecer esse novo mercado musical e entender como você pode aproveitar os novos modelos de distribuição musical a fim de alçar vôos ainda mais altos. Confira!

O mercado musical sofreu uma mudança drástica quando o Napster foi criado no início da década de 2000. Com a popularidade do MP3 em alta, a facilidade de “queimar” um CD-R com a sua coletânea musical preferida no conforto de casa, o modelo de mercado musical foi atingido em cheio pela revolução digital. Os CEOs das grandes gravadoras viram uma enorme parte de suas receitas financeiras, com a venda de discos, escorrerem pelo ralo. Os artistas que antes vendiam milhões de cópias de seus CDs foram perdendo essa forma, muito lucrativa, de monetização de suas carreiras artísticas. 

back eyed peas i gotta feelingWill.i.am tirou o Hit "I Gotta Feeling" de um sonho. (Foto: Divulgação.)

Em meados de 2009, após perdermos Michael Jackson, a indústria da música ainda apostava na distribuição por CD, mas via o download digital como um novo caminho natural a seguir. Aliás que 2009 foi o ano em que Black Eyed Peas lançou “I Gotta Feeling” que após 10 meses bateu o recorde de 5.561.000 de cópias baixadas, se tornando a música com maior número de download pagos legais da história até aquele ano. A dominação mundial do pop havia começado e Lady Gaga figurava em terceiro na lista das mais baixadas com Poker Face e Just Dance. Esse ano também marcou a fundação do Home Studio Fans. Desde então, a indústria da música vai muito bem, obrigado. 

A pirataria musical e os arquivos MP3 sendo compartilhados em massa foi algo ruim? Não, porque os artistas ganharam publicidade grátis, o que pode valer tanto quanto o que seria cobrado de cada ouvinte. Sim, pode parecer estranho, mas essa circulação massiva de música em todas as classes sociais gerou um aumento considerável na carteira de fãs desses artistas. Dessa forma, mesmo sem os CDs para gerar milhões de Reais em faturamento, o lucro desses artistas passou a vir dos grandes shows ao vivo presenciais, lotados de novos fãs que foram conquistados a custo próximo de zero. Não é o máximo?

Da mesma forma que os livros digitais ganharam espaço no mercado, apesar de não terem substituído os livros impressos, a música gravada em CD foi efetivamente substituída pelos aplicativos de música. Se você procurar em 2021 sobre álbuns musicais em CD, ainda é possível comprar discos e ouvi-los em seus velhos CD Players, mas é inegável que esse hábito não representa o comportamento da maioria. 

A Internet “melou” a indústria da música? Mais uma vez, não. A Internet foi a melhor coisa que podia ter acontecido para os artistas consolidados e também para aqueles em início de carreira. O “streaming de áudio e vídeo ao vivo”, por si só, é uma ferramenta para substituir os shows ao vivo. Você pode imaginar como seria a vida de um artista, passando por uma calamidade pública como essa vivida em 2020/21, se a indústria da música ainda dependesse dos shows ao vivo para monetizar os artistas?

live cabare 2

Podemos notar as “lives” dos artistas sertanejos batendo a marca de 2.7 milhões de views simultâneas. (Foto: Divulgação.)

Os organizadores desses eventos online inserem um produto popular como merchandising, como uma bebida exclusiva ou algo desse tipo, sem contar os sorteios de carros de luxo que cobram algumas dezenas de Reais por participante. No final, uma “live musical” pode ser uma verdadeira máquina de gerar lucro. Algo que não seria possível sem as tecnologias atuais de transmissão de dados via Internet e a popularidade dos Smartphones. 

Sem dúvidas, os CEOs das gravadoras conseguiram reunir as melhores ideias para responder às mais diversas condições de mercado. Isso significa que com criatividade e engenhosidade, é possível vermos a indústria da música renascendo cada vez maior e mais forte no futuro.  

O Seu Futuro Está Na Distribuição de Áudio Por Meios Digitais

spotify vs apple musicÉ fato que muitos artistas independentes estão conseguindo rentabilizar suas carreiras através da música via download, tudo isso graças ao movimento do Home Studio.

No passado, a dificuldade era conectar o artista com o público, uma vez que isso só era possível através dos canais de mídia de massa privados que, por sua vez, são extremamente fechados para novos talentos musicais. Existem muitos talentos escondidos no Brasil e no mundo, mas se você quer aparecer para alguns milhões de pessoas, provavelmente terá problemas ao buscar os meios tradicionais.

As emissoras de rádio e TVs são empresas que trabalham com um modelo de negócio do século passado, onde a empresa produtora do artista, muitas vezes, "paga" para veicular suas músicas e clipes para as massas que assistem às novelas, programas de auditório ou sequências musicais no rádio. Enfim, esse é um negócio que consome milhões de Reais em publicidade para funcionar. E você, como artista iniciante, não quer gastar seus milhões com isso, quer? Lembra que a publicidade grátis da pirataria vale milhões? Nada melhor do que ter as suas músicas circulando pelos ouvidos de novos fãs no Spotify, Youtube e afins.  

Você Pode Criar o Seu Próprio Jogo Montando uma Gravadora

home studio noite luz laranjaA solução para todos os artistas que estão "fora do jogo" é criar o seu próprio canal de mídia e se conectar com um público através da Internet. Estamos em um momento em que é possível montar um estúdio de produção musical em casa, além da possibilidade de veicular tudo o que produzimos a um custo, praticamente, zero.

Estamos "com a faca e o queijo na mão", agora é gravar e postar para as massas que curtem Internet. O melhor de tudo é que você não tem que pagar milhões para criar o seu próprio jogo, basta algumas centenas de Reais para ter o seu próprio estúdio de gravação e começar a tornar os seus sonhos em realidade. 

Você Pode Assumir o Controle da Sua Carreira Musical

homem feliz ouvindo musica camisa xadrezEsse novo modelo de mercado musical está sendo explorado pelos grandes selos musicais, prova de que é um sistema vencedor. Um exemplo disso é o álbum “Good Girl Gone Bad - Rihanna”, lançado em 2007, que já vendeu mais de 250 milhões de downloads. 

O título de single mais baixado ficou com o “Old Town Road” do Lil Nas X com 1.5 bilhão de downloads em 2019. 

Você ainda está pensando em procurar uma gravadora? Será que os autores de livros estão procurando as editoras?

Uma frase que sempre repito é: "Nunca deixe os seus sonhos nas mãos dos outros."

Reflita sobre isso, comece hoje mesmo a mudar o seu destino, assumindo a responsabilidade por tudo de bom e de ruim que possa acontecer com você.

Faça você mesmo! 

 

Uma dica extra do Rodrigo: Saiba como eu montei o meu estúdio de gravação musical e consegui gravar as minhas mais de 40 músicas, sem gastar fortunas com equipamentos e softwares caros.

Confira o vídeo exclusivo que eu preparei pra você!

QUERO VER O VÍDEO!


Rodrigo Marques

Rodrigo Marques

O Home Studio Fans acredita que todos os talentos precisam ter a oportunidade de realizar seu sonho de gravar suas músicas, spots, tudo com alta qualidade. E acreditamos que o Home Studio seja a chave para libertar o poder de produzir música em casa, abrindo portas para empreendedores e artistas desenvolverem novas habilidades, espalhando o bem ao redor do mundo.