Mesa de Som Profissional – Será que elas vão parar no lixo?

Falamos recentemente sobre as mesas de som virtuais, e como esse sistema de áudio pode vir a substituir completamente as mesas de som no estúdio de gravações. Agora surge uma nova pergunta: será que as mesas de som profissionais estão fadadas ao lixo? Vamos descobrir a resposta logo a seguir…

O nosso amigo Michael, aquele personagem fictício que apresentou o sistema de backup em uma matéria anterior, está com uma grande dúvida sobre o destino de seu mixer de 24 canais da Mackie. Ele está querendo dar uma organizada no estúdio e dessa vez, teve uma idéia radical: remover o pesado mixer do ambiente de estúdio. Em sua mente ele sabe que, embora o mixer tenha ainda alguma utilidade, esse mixer já não é mais necessário no estúdio.

Outro ponto importante que o Michael está pensando é no visual do estúdio após a remoção dos equipamentos obsoletos. Outras grandes dúvidas surgem na mente de Michael: Será que o novo visual do estúdio vai causar impacto nos clientes que o visitarem? Como devo apresentar toda essa tecnologia?

Vamos comentar essas idéias e tirar uma conclusão lógica e entendermos o papel da mesa de som profissional no estúdio de gravações.

Todos estamos acostumados a pensar em um estúdio de gravação que contenha um monte de botões e slide faders por todos os lados. Luzes coloridas também fazem parte do universo representativo de um leigo em estúdio. Talvez seu cliente queira continuar vendo o seu mixer físico mesmo que ele não esteja sendo usado para mixagem.

Eu já vi pessoalmente esse fenômeno do impacto que um mixer causa às pessoas que estão escolhendo um estúdio para gravar. Ouvi muitos comentários do tipo: “Nossa, que mesa de som profissional enorme!!!”, ou mesmo, “Esses monitores têm um som da Po&#a!!”. No final, essa história sempre termina em um contrato e uma boa quantia em dinheiro como sinal de entrada.

Como você pode imaginar, as pessoas ainda não conhecem os poderes de um sistema de estúdio totalmente digital/virtual. As pessoas pensam nos estúdios como os que aparecem nos programas de TV, assim eles imaginam como deve ser um estúdio de gravações de qualidade.

Apresentação é tudo

Tudo depende da forma como você apresenta o seu estúdio ou Home Studio. Trabalhe como um mensageiro do futuro, demonstrando as vantagens de um estúdio virtual e como ele é superior a qualquer outra tecnologia do passado. Demonstre não a mesa de som profissional com milhares de botões, mas sim a mesa de som virtual com toda a tecnologia que um software pode oferecer.

Eu pessoalmente apresentei diversas vezes a tecnologia que o estúdio utiliza, dando uma nova representação aos clientes de como funciona um estúdio do século XXI. Essa nova visão, somada a uma imersão do cliente com a produção, cria um vínculo de intimidade entre o produtor e o cliente, o que gera novos negócios no futuro. Seu cliente vai se sentir muito poderoso ao ver que sua voz pode ser consertada através da nova tecnologia de estúdio baseado em software.

Resumindo

Uma mesa de som profissional pode ser boa para causar impacto nos clientes, mas sua utilidade é quase nula ao utilizar o modelo de estúdio moderno. Ainda temos o universo da música ao vivo, mas esse assunto eu quero discutir numa próxima oportunidade.

E você? Existem equipamentos em seu estúdio que talvez não sejam mais úteis? Deixe o seu comentário. Preciso de 10 comentários nessa matéria.

Um forte abraço!

Uma dica extra do Rodrigo: Saiba como eu montei o meu estúdio de gravação musical e consegui gravar as minhas mais de 40 músicas sem gastar fortunas com equipamentos e softwares caros.

Confira o vídeo exclusivo que eu preparei pra você!

QUERO VER O VÍDEO!

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.