Apple iPad é definitivamente a ponte entre o iPhone e os Notebooks. Quando vi o iPad nas mãos do Steve Jobs, logo pensei: O mundo da informática está prestes a mudar de novo! Mas o que o iPad pode fazer por nós engenheiros de áudio em nosso trabalho? Gravar, mixar? Vamos tentar descobrir isso agora!

Agora, se você deseja aprender mais a fundo sobre esse assunto, recomendo que você assista a esse vídeo...

Vamos dar uma observada no hardware e nas capacidades do iPad:

• Tela 9.7 c/ Multi Touch @ 1024 x 768 Pixels

• Processador de 1 gHz Apple A4

• 16, 32 or 64 GB de armazenamento

• iPhone OS melhorado

• Dock Connector (ex. iPod ou iPhone Dock)

• Entrada de 1/8" para Headphone

• Conexões: Dock Connector, 3.5mm

Tudo que o iPhone faz, o iPad faz (exceto ligações telefônicas)

Agora o iPad está utilizando uma versão modificada do sistema operacional do iPhone... Então qualquer aplicativo que possa ser baixado ou comprado para iPhone, também pode ser usado no iPad.

Sim, ele abre aplicativos de gravação, sintetizadores, RTAs, geradores de tom de ruído, etc.

Onde estão as entradas e saídas de áudio?

Nós sabemos que o iPad vai ter um microfone. Mas será uma entrada via adaptador de Headphone como no iPhone? Só o tempo dirá... Mas temos uma outra solução!

O conector dock disponibiliza a função USB (apesar disso ainda não ser usado) bem como entrada e saída de áudio. Assim, acessórios como o Blue Mikey, ou ainda as interfaces de áudio para iPhone/iPod touch podem ter entra e saída de áudio.

A tela

O iPad tem a tela de 9,7", muito maior que a tela de um iPhone/iPod Touch, mas ainda não é nem um Macbook. Porém você tem que lembrar que os aplicativos ocupam a tela inteira. Não teremos aplicativos rodando no fundo, ou menu iniciar para atrapalhar a navegação. Com a tela toda ocupada pelo aplicativo, podemos utilizar uma caneta e ajustar tudo com muito mais precisão do que com o antigo mouse.

Aplicativos

Ainda vamos dar uma olhada nos aplicativos que nós produtores de áudio possivelmente utilizaremos no iPad.

Computadores no formato tablet já estão bastante comuns em shows ao vivo. Talvez você não os veja nos bares, ou em pequenos teatros, mas qualquer grande apresentação conta com um equipamento desses desfilando nas mãos dos técnicos de áudio.

Há cerca de um milhão de possibilidades de uso para um computador teblet. De controle-remoto sem fio para um console digital, a execução de um RTA SMAART Live. Controlar o Crossover pelo tablet, também é possível!

Então, o que mais podemos fazer com o iPad? A resposta pode ser “nada”. Tudo depende da interface, aplicativos e especialidades.

RTAs, Geração de Sinais, e SPL

Devido a capacidade do iPad de usar qualquer aplicativo do iPhone, você já pode contar com uma grande quantidade de aplicativos para trabalhar.

Vamos considerar o fato de que um iPad já tenha um microfone embutido e uma entrada de áudio, então você pode usar um RTA. Alguns aplicativos para iPhone permitem que você calibre a entrada de áudio para fazer com que o microfone do iPad trabalhe em flat. Claro, se você tiver dinheiro para investir, ainda pode comprar uma interface externa que faça esse tipo de equalização.

O mesmo vale para medidores de SPL.

Geradores de Sinais? Sim, na App Store existem vários também.

Tem coisas que ficam muito melhores no iPad do que na plataforma para a qual foram projetados, o iPhone. É certo que vários aplicativos serão desenvolvidos especificamente para o iPad, usando toda a capacidade do iPad.

Controle-remoto para Consoles, Crossovers, etc

Isso pode ser um pouco mais complicado. Teremos que esperar que aplicativos específicos sejam desenhados para usar as entradas wireless e controlar cada dispositivo individualmente.

Não são tão grandes os protocolos para os diferentes consoles e crossovers, então isso é apenas uma questão de tempo.

Entretanto, existe uma opção. O VNC. Controlar outro computador remotamente. Muito difícil? Ter dois computadores, um laptop e um iPad para fazer o serviço?

Você tem o seu iPad, e está pensando em manipular o seu laptop. Então, você terá que ter o editor / aplicativo de controle aberto em seu laptop e funcionando, assim você terá controle apenas do seu computador portátil através do seu iPad.

O iPad na Gravação

O iPad encontrou o seu espaço nas apresentações ao vivo, mas onde eles estão na gravação? Vamos descobrir...

Existe diversos usos para o iPad na gravação, alguns podem vingar, outros nem tanto.

O iPad como uma DAW

Talvez tenhamos ido longe demais... Mas a Apple já colocou a sua suíte de aplicativos iWork no iPad, então porque não usar o Garage Band ou o Logic?

Existe uma funcionalidade USB escondida no conector dock, assim interfaces USB estão em seus planos. Vamos imaginar...

Um Logic Lite, ou memso um Pro Tools Lite. Pegando e arrastando os samples de um lado para outro, programas MIDI e VSTs... Então pegado e arrastando os arquivos para o Logic ou o Pro Tools em seu MAC ou PC para fazer uma programação mais intensa, editar ou mixar.

Um Grande Instrumento VST ou MIDI

Nós já vimos alguns lançamentos de diferentes controladores de teclado para iPhone/iPod Touch... Então porque não podemos fazer o mesmo em nosso iPad? Ou mesmo ainda, usar instrumentos VST via iPad. Você poderia torná-lo em um grande instrumento virtual.

A Superfície de Controle do iPad

Certo, talvez transformar o iPad em uma DAW ainda possa ser um sonho, mas podemos ver o iPad sendo usado como um controlador. X faders virtuais, controles de transporte, até mesmo edição em drag and drop.

Um iPad faz muito sentido como um dispositivo de múltiplas funções, como chegar ao seu estúdio e ligá-lo para controlar a mixagem à distância. Talvez ele não substitua um C24 ou algo desse tipo, mas para Home Studios, ele pode economizar dinheiro.

Quando o iPad for lançado em março, não teremos ainda todas essas funcionalidades, mas com o tempo, acredito que o iPad vai encontrar seu lugar nas mão dos produtores de áudio.

Aproveite o seu iPad, ele não serve apenas para trabalhar. Afinal, ele ainda é um computador tablet, que pode ser utilizado para uma infinidade de outras coisas. Jogos, trabalho, ouvir música.

Como modelo 3G, você pode substituir o seu laptop completamente. Não podemos ter a certeza de que o iPad vai substituir o laptop a ponto de você deixá-lo em casa, mas isso é um passo na direção certa.

E você? Tem algumas outras idéias para o iPad? Deixe o seu comentário abaixo!

Usar a criatividade é muito proveitoso e divertido. Eu particularmente trabalhei em muitos projetos musicais usando um computador com muito menos recursos que o iPad.

O iPad não vai ser muito barato no Brasil, a exemplo do Macbook. Porém os hardwares e softwares da Apple são muito robustos. É uma pena que não sejam tão populares quanto os PCs.

Se você pode investir nesses gadgets, então será muito feliz, porque vejo um Home Studio inteiro caber dentro de um iPad como esse.

Um abraço!

Uma dica extra do Rodrigo: Se você deseja aprender Como Montar o Seu Estúdio de Gravação Musical, de Alta Qualidade, Sem Investir em Equipamentos Caros, recomendo que confira esse vídeo agora mesmo.

QUERO VER O VÍDEO


rodrigo marques

Rodrigo Marques

O Home Studio Fans acredita que todos os talentos precisam ter a oportunidade de realizar seu sonho de gravar suas músicas, spots, tudo com alta qualidade. E acreditamos que o Home Studio seja a chave para libertar o poder de produzir música em casa, abrindo portas para empreendedores e artistas desenvolverem novas habilidades, espalhando o bem ao redor do mundo.